Reuniões: Vigários Episcopais e Equipe de Trabalho da Assembleia Diocesana se reúnem com o Bispo

Durante a manhã desta terça-feira, 22, foram realizadas duas reuniões na Cúria Diocesana, a primeira delas, uma reunião dos Vigários Episcopais e a segunda, uma reunião com a Coordenação de Pastoral, em vista da preparação para a Assembleia Diocesana. Ambas as reuniões foram conduzidas pelo Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos.

Reunião com os Vigários.

No primeiro momento da manhã, O Bispo reuniu os Vigários Episcopais para uma avaliação da caminhada pastoral ao longo deste ano, cada Vigário expressou de maneira positiva como foram os trabalhos desenvolvidos por seus vicariatos.

Estiveram presentes na reunião os seguintes Vigários:

Vigário Geral: Pe Luciano Guedes
Vigário Episcopal para a Cidade de Campina Grande: Monsenhor Lourildo Soares,
Vigário Episcopal para o Interior: Pe. Aparecido Francisco Camargo
Vigário Episcopal para a Vida em família: Pe. Antonio Batista
Vigário Episcopal para a Educação, cultura e universidades: Pe. Josandro José de Macêdo Félix
Vigário Episcopal para a Caridade, justiça e paz: Pe. Sérgio Leite

Levando em conta cada realidade e missão, os Vigários avaliaram a agenda de 2019 como satisfatórias e a partir de agora esperam pela Assembleia Diocesana, aonde os Vicariatos irão se incluir para objetivar as ações e os planos para o ano seguinte.

Reunião em preparação para Assembleia Pastoral  

O segundo momento da manhã foi reservado para a preparação da Assembleia Diocesana de Pastoral que acontece em novembro, nos dias 22 e 23. Orientados pelo Bispo Diocesano, participaram desta reunião, o Coordenador de Pastoral, o Padre João Afonso; o Vigário Geral da Diocese, o Padre Luciano; o Vigário Episcopal para a Caridade, Justiça e Paz, o Padre Sérgio Leite, e os seminaristas estagiários, Wesley Rangel, Henrique Gustavo e Jefferson Barbosa, eles que formarão a Equipe de Trabalhos que irá assessorar a 38ª Assembleia Diocesana de Pastoral.

A reunião teve por objetivo trabalhar os encaminhamentos da Assembleia, que terá como ideia central, o Documento 109 da CNBB, referente às Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Tal Assembleia terá caráter avaliativo e propositivo, isto porque, será definido nesse encontro o Quadriênio Pastoral da Diocese (2020-2023). Os frutos dessa Assembleia, iluminados a partir do Documento 109, terão foco para os 75 anos da Diocese.

Os estudos do Documento 109, reservam uma rica análise feita pela CNBB acerca da realidade da Igreja e aponta os caminhos da evangelização sob quatro pilares: A Palavra (Vida Cristã), o Pão (liturgia/Eucaristia) o pilar da Caridade (responsabilidade social) e o pilar da Missão (vida missionária).

Assembleia Pastoral  é um organismo consultivo, a instância maior dos encontros diocesanos, que tem por objetivo trabalhar a escuta, a avaliação e o planejamento da caminhada pastoral.

Por: Ascom
Fotos: Rafael Augusto

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This