OVS: Dom Dulcênio reúne-se com as Forania Agreste 1 e 2

Dando continuidade às visitas para prestação de contas da OVS – Obra das Vocações Sacerdotais, nesta quarta-feira (20), Dom Dulcênio esteve na Paróquia de Queimadas, reunido com padres e leigos das Foranias Agreste 1 e 2.

Na ocasião, o Bispo Diocesano apresentou aos sacerdotes, contribuintes e animadores, os recursos arrecadados pelas doações financeiras e como tais recursos foram investidos no Seminário Diocesano São João Maria Vianney, em prol da formação dos seminaristas.

Dom Dulcênio apresentou as mudanças significativas que aconteceram após a implantação a OVS na Diocese, e falou das próximas melhorias a serem executadas o Seminário Diocesano.

O Bispo reforçou que é necessário se organizar e continuar estimulando cada vez mais a OVS nas comunidades, de ir sempre ao encontro das pessoas, se empenhando para que os fiéis se disponham a contribuir, primeiramente com a nossa casa, nossa paróquia e a nossa Diocese. “Foi graças a este auxílio que o Seminário vem conseguindo caminhar bem. Se não houvesse sido plantado a OVS, este ano estaríamos com dificuldade na manutenção” declarou.

Na sequência, o Pe. Evanilson José, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Guia (Queimadas – PB), atual ecônomo da Diocese e do Seminário Diocesano, falou sobre as despesas da Diocese, esclarecendo como os recursos arrecadados pela OVS vem sendo investidos nas formações do Seminário. O Pe. Jan Joris, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição e São Bento (Cabaceiras – PB) contribuiu falando como é admirável ver a mudança que o Seminário obteve no decorrer do tempo, onde os estudos nascem da oração e da fé e não só de estudos acadêmicos.

Ao final, Dom Dulcênio distribuiu uma carta de agradecimento pelo empenho e fez leitura do relatório de arrecadações das paróquias referente ao segundo semestre de 2018, bem como o repasse da Diocese para o Seminário durante o mesmo ano.

“Este trabalho é das forças vivas da comunidade”, disse o Bispo, destacando que é necessário o empenho de todos, padres e leigos inseridos nas pastorais, movimentos e grupos, bem como, realização do trabalho vocacional nas paróquias, suscitando assim novas vocações para atender ao crescimento das comunidades.

Informações e fotos: Thiago Albuquerque/Pascom Paroquial

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This