Campanha da Fraternidade terá lançamento na Quarta-Feira de Cinzas

Postado em 05/02/24 às 19:004 minutos de leitura179 views


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) dará início no dia 14 de fevereiro a Campanha da Fraternidade 2024. Coincidindo com o tempo da Quaresma, a campanha deste ano tem como tema “Fraternidade e amizade social” e o lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8).

Esta edição da CF lembra a importância de abordar o tema da amizade social com base na encíclica Fratelii Tutti, escrita pelo Papa Francisco e publicada em outubro de 2020. O lançamento oficial da Campanha da Fraternidade na Diocese de Campina Grande será realizado no próximo dia 14 às 10h no auditório da Cúria Diocesana.

Sobre a Campanha deste ano:

O texto base é o principal material da campanha, a reflexão fundamental que sustenta o caminho da CF. O texto propõe despertar, de acordo com o tema e o lema, a beleza da fraternidade humana aberta a todos, para além dos nossos gostos, afetos e preferências, em um caminho de verdadeira penitência e conversão.

O tema e o lema da Campanha da Fraternidade 2024 refletem a preocupação do episcopado brasileiro em aprofundar a fraternidade como contraponto ao processo de divisão, ódio, guerras e indiferença que tem marcado a sociedade brasileira e o mundo.

A Campanha da Fraternidade, dentro do caminho penitencial da Igreja, propõe também durante a Quaresma, um convite de conversão à amizade social e ao reconhecimento da vontade de Deus de que todos sejam irmãos e irmãs.


Programação da Equipe de Campanhas na Diocese

A equipe de Campanhas liderada pelo Padre Alexandre apresentou um cronograma das ações acerca da CF 2024 aqui na diocese.

1 - Divulgação da agenda de campanhas e apresentação de atividades e conteúdo da CF 2024 na reunião do Clero, em 06.02, em Pocinhos-PB

2- Lançamento da CF para a Imprensa e Lideranças da Diocese em um café da manhã, no dia 14.02 Quarta-Feira de Cinzas, às 10h, no auditório da Cúria.

3- Lançamento virtual para toda a Diocese com uma Live formativa no dia 21.02 (quarta-feira)

4 - Formações em todas as foranias (datas articuladas por padre Alexandre junto aos vigários forâneos).

5 - Preparação de um vídeo formativo que será disponibilizado para toda a Diocese e para ser divulgado através de articulação junto a escolas, por exemplo.

Explicação do Cartaz


O cartaz, criado pelos jovens de Brasília (DF) Samuel Sales e Wanderley Santana, apresenta o cenário da comunidade como uma casa, espaço onde acolhe-se os irmãos e irmãs para a partilha do alimento e da vida.

A mesa, ao redor da qual todos se encontram – indígenas, negros, brancos, homens, mulheres, gestante, crianças, jovens, cadeirante, adultos e idosos – remete ao sacramento da amizade de Deus com a humanidade.

O símbolo maior da comunidade é a celebração da fé ao redor de uma mesa, com pão, vinho e fraternidade. Os alimentos na mesa, típicos da dieta mediterrânica, recordam as refeições de Jesus. As janelas apontam uma casa aberta aos desafios do mundo e da realidade.

No meio da cena está o Papa Francisco, com sua bengala. Esta imagem expressa aquele que assume suas limitações e propõe ao mundo a amizade social por meio de sua Encíclica Fratelli Tutti. Ele mostra que é um caminho necessário para garantir a boa convivência e a subsistência de todos os seres humanos.

O Santo Padre usa a cruz de dom Helder Câmara, que participou da fundação da CNBB em 1952, no Rio de Janeiro, sendo o primeiro secretário-geral da Conferência. Esta imagem recorda as semelhanças entre estes dois grandes homens de fé, que tanto colaboraram e colaboram com a história da CNBB e da Igreja no Brasil e no Mundo.

O cartaz convida também ao gesto concreto da Campanha da Fraternidade: a doação à Coleta Nacional da Solidariedade que acontecerá no dia 24 de março de 2024, Domingo de Ramos e da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo. A coleta fortalece os Fundos Diocesanos e Nacional de Solidariedade, que colaboram com centenas de projetos sociais por todo o Brasil, sempre ligados ao tema da CF de cada ano.

60 anos das Campanhas da Fraternidade

A cruz de dom Helder é também uma recordação para marcar os 60 anos da Campanha da Fraternidade, celebrada nacionalmente pela primeira vez em 1964. A Campanha da Fraternidade foi criada por dom Eugênio Sales, na época Arcebispo da arquidiocese de Natal (RN). E teve com dom Helder, então secretário-geral da CNBB, o grande esforço pastoral em torná-la nacional, sendo assumida por toda Igreja no Brasil.

Por: Ascom, com informações Site da CNBB

Comentários (0)