CNBB lança Tradução Brasileira da Terceira Edição típica do Missal Romano

Atualizado em 18/09/23 às 00:002 minutos de leitura42 views

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lança oficialmente na próxima terça-feira, 19 de setembro, a tradução brasileira da terceira edição típica do Missal Romano, às 10h30, no auditório dom Hélder Câmara, na sede da CNBB, em Brasília (DF). A cerimônia acontece dentro da reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) e é organizada pela Assessoria de Comunicação, Edições CNBB e Comissão Episcopal para a Liturgia.

O secretário-geral da CNBB, dom Ricardo Hoepers, convoca à participação e salienta que é com muita alegria e dedicação, depois de anos de trabalho, que se apresenta a terceira edição típica do Missal. “É um momento emocionante para toda a igreja no Brasil, pois muitos foram os que colaboraram para que esta obra chegasse nas nossas comunidades, paróquias e dioceses”, disse.

O lançamento será transmitido, ao vivo, pela emissora Rede Vida de Televisão,  redes sociais da CNBB (Youtube e Facebook) e Edições CNBB. Participam da cerimônia o Núncio Apostólico no Brasil, dom Giambattista Diquattro; o arcebispo de Porto Alegre e presidente da CNBB, dom Jaime Spengler; o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB e presidente da Edições CNBB, dom Ricardo Hoepers, e o presidente da Comissão Episcopal para a Liturgia, dom Hernaldo Pinto de Farias.

Veja o convite do secretário-geral da CNBB:

Missal Romano

Na liturgia da Igreja, o Missal Romano é o segundo livro litúrgico mais importante. Nele, estão as orações e orientações para as celebrações eucarísticas. O Evangeliário, que traz os textos do Evangelho, é o livro mais importante nos ritos da Igreja.

A tradução brasileira desta terceira edição do Missal Romano levou 19 anos de trabalho. A jornada começou após a promulgação, em 2002, pelo Papa João Paulo II, da nova edição típica. Desde então, foram anos de intenso trabalho de tradução, revisão e aprovação do conteúdo do Missal, coordenados pela Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (Cetel).

A terceira edição típica do Missal Romano foi aprovada pelos bispos na 59ª Assembleia Geral da CNBB e encaminhada ao Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos em dezembro de 2022. A confirmação da Santa Sé foi publicada no dia 17 de março deste ano.

FONTE: CNBB

Comentários (0)