XXII Domingo do Tempo Comum: Peregrinações à Catedral e Crismas

Atualizado em 03/09/23 às 00:0010 minutos de leitura399 views


Neste 22º Domingo do Tempo Comum, a Igreja convida a todos os cristãos a seguirem Jesus, renunciando a si mesmo e tomando a sua cruz, um seguimento que implica em decisão e em compromisso com a verdade anunciada pelo Mestre. O Bispo Diocesano de Campina Grande, neste final de semana, compreendido entre os dias 02 e 03, presidiu três, sendo duas delas com Crismas, uma na tarde do sábado (02) na Paróquia de Nossa Senhora do Desterro, precisamente estando na cidade de Caturité, onde crismou 96 jovens e adultos; outra no domingo (03) à tarde, na Paróquia de Nossa Senhora das Dores, Monteiro quando crismou 66 jovens e adultos.

Já no domingo pela manhã, Dom Dulcênio presidiu a tradicional Missa do Lar, acolhendo na Catedral de Nossa Senhora da Conceição a peregrinação da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Conselho, da cidade de Esperança-PB, que veio receber as Indulgências plenárias; Junto ao Padre Luciano Guedes, Vigário Geral, saudaram todos os paroquianos de Esperança nas pessoas dos padres Evanilson, Ednaldo e João de Deus, assim como o Diácono Maurício.

Na homilia, o Pastor Diocesano explicou que toda a reflexão estaria em volta ao testemunho cristão; começou destacando que o chamado de Jesus Cristo é irresistível, e que todos os homens e mulheres são vocacionados às realidades transcendentes: “A mesma Graça que nos chama nos dá força diante das exigências que de todos os lados nos interpelam. Todos nós somos chamados para uma missão na igreja”, disse.

A primeira leitura do livro do Profeta Jeremias apresenta –conforme ensinou o bispo–  uma das mais belas declarações de amor e uma das mais transparentes da Sagrada Escritura: “Seduziste-me, Senhor, e deixei-me seduzir; foste mais forte, tiveste mais poder” (Jr 20, 7); e prosseguindo explicou que o Profeta Jeremias preconiza o próprio Cristo no seu sofrimento rumo a Cruz, o Cristo é o modelo para todos nós cristãos; ele é modelo de amor, de paciência ante às perseguições sofridas por causa do Evangelho da Salvação.

“Quem segue a Jesus esteja preparado para carregar a Cruz; ele, o Cristo, fonte de toda a Bem-Aventurança, e é a partir de si, nos felicitará quando diz: ‘Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo mal contra vós por causa de mim; alegrai-vos e exultai porque será grande a vossa recompensa no céu, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós’”, pregou.

Adiante refletiu sobre o Evangelho de Mateus 16, 21-27, que traz a cena do diálogo entre Jesus e Simão Pedro, e mostra a repreensão de Cristo a Pedro, por pensar conforme os conceitos e as lógicas humanas; Pedro queria impedir o sofrimento de Jesus, mas a lógica de Jesus não era essa, ele precisaria passar pelo sofrimento até à sua glória.

Ademais refletiu com a comunidade: “estamos sendo pedra de tropeço ou de reerguimento em nossas comunidades? Ser de erguimento ou de tropeço reflete necessariamente a nossa condição diante de Deus. Se lhes somos submissos pela fé ou se queremos lhe dá ordens, ensinando-lhe pretensiosamente a maneira de como conduzir as coisas, é por isso que Jesus enquadra Pedro como Satanás, como revoltado exigindo-lhe que volte ao seu lugar de Discípulo, deixando o mestre conduzir, seguindo-o”, explicou.

Em analogia a este pensamento, lembrou dos muitos cristãos que não fazem a vontade divinas, mas sim as próprias vontades: “O Cristão que quer uma religião ao seu modo, que vive fugindo do sofrimento, isto é, fugindo da Cruz, vive o comodismo da fé, é um cristão que quer viver conforme a sua vontade”.

“Nunca nos esqueçamos – como diz o Livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo quinto, versículo vinte e nove – ‘importa obedecer antes a Deus do que aos homens’. Não baixemos a cabeça para aquilo que o mundo nos impõe! Sejamos Cristãos de verdade! Não queiramos ser reprovados por Deus e aplaudidos pelos homens. Em Cristo sejamos oblações vivas, puras e santas. Nunca abandonemos o Cristo!”, findou.

Por: Ascom
Fotos: Pascom de Boqueirão | Pascom de Esperança | Pascom de Monteiro 

FOTOS DA MISSA E CRISMA EM CATURITÉ-PB
Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

FOTOS DA PEREGRINAÇÃO DA PARÓQUIA DE ESPERANÇA:
Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

FOTOS DA MISSA E CRISMA EM MONTEIRO-PB
Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)