Comissão do Jubileu diamantino da Diocese se reúne na Cúria

Postado em 10/11/22 às 17:545 minutos de leitura530 views


A Diocese de Campina Grande já respira os ares do jubileu diamantino dos seus 75 anos, com previsão para começar no dia 15 de maio de 2023 e se estender com uma vastíssima programação até maio 2024. Para isso, os responsáveis pelas comissões e representantes leigos, participaram de uma reunião na Cúria diocesana na manhã desta quinta-feira (10).

O encontro foi conduzido pelo Vigário Geral, Padre Luciano Guedes, que apresentou uma pauta mais avaliativa e de escuta acerca programação para o Ano Jubilar, ao tempo em que também tratou de assuntos econômicos.

Acolhendo as sugestões dos demais participantes, discutindo as melhores datas e a viabilidade para a realização dos eventos, o Vigário analisou junto aos participantes todo o cronograma que segue em debate, ao que redefiniram, a abertura do jubileu para o dia 15 de maio com uma Missa na Catedral às 19h, ocasião que será marcada pelo lançamento do II volume do Livro que conta a história da Diocese e o início da peregrinação da Imagem da Padroeira.

O Padre Luciano locupletou sua fala, lembrando aos padres e representantes, a importância de, neste dia, contar com caravanas advindas das foranias e paróquias, tornando este momento significativo e cheio de sentido eclesial, por reunir a diocese em torno do bispo para solene abertura.

Dada a abertura, para o mês de maio, consta entre os dias 16 e 18 a realização de um Festival de Cultura Religiosa, que será promovido pela comissão de Educação, Cultura e Universidades, no Seminário Diocesano. Nos dias 27 e 28 também de maio acontece a 2ª Coleta em prol do jubileu.

Para o mês de julho, está sob os cuidados da Chancelaria as sessões comemorativas nas Casas Civis, sendo elas, o parlamento local, estadual e nacional. Em agosto, o Setor Diocesano da Juventude mobilizará eventos esportivos que serão realizados em variadas modalidades com a organização entre as paróquias.

Em outubro de 2023 está previsto um Simpósio sobre a história da diocese, em dezembro as festividades especiais da Padroeira Nossa Senhora da Conceição e em abril de 2024, entre os dias 08 e 14, está previsto a realização de um Congresso Mariano, ainda em abril, no dia 10 será realizada uma grande ação caritativa, e no 12 a conclusão da peregrinação da Imagem da Padroeira.

Em maio, mês que a diocese completa seus 75 anos, haverá a 3ª Coleta em prol do jubileu, o lançamento do III Volume do Livro comemorativo, a concelebração do solene do aniversário da diocese e uma outra importante celebração prevista para o dia 18 de maio.

Vale salientar que a partir de maio de 2023 serão realizadas nas paróquias sempre aos dias 14 de cada mês, uma missa votiva, cujo objetivo é fomentar a espiritualidade diocesana em torno da mesma vivência jubilar.

Dentre as ações concretas, a diocese nesse tempo jubilar, pretende entregar o novo Lar da Sagrada Face, situado no mesmo território da Fazenda do Sol, na BR 230, saída para João Pessoa; a Residência do Lar Sacerdotal São João Maria Vianney, uma casa de longa permanência que acolherá os padres idosos e enfermos, situado no mesmo terreno, onde está o Seminário Diocesano, no bairro do Alto Branco.

Tudo o que ficou acordado nesta última reunião sobre o Jubileu neste ano de 2022, realizada nesta quinta-feira (10), será comunicado ao Bispo Diocesano Dom Dulcênio que fará suas ponderações orientando as equipes. 

Por: Ascom
Revisão: Pe. Luciano
Fotos: Rafael Augusto 

Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)