Vem aí a Festa da Padroeira da Diocese de Campina Grande

Atualizado em 27/11/22 às 08:534 minutos de leitura528 views


Entre os dias 29 de novembro e 08 de dezembro, a Diocese de Campina Grande celebrará as festividades da sua Padroeira, Nossa Senhora da Conceição. Este ano, marcando o retorno 100% das atividades com novenários e missas, quermesses no estacionamento da catedral, shows culturais e a tradicional procissão do dia 08.

Na edição deste ano, o tema refletido será, “Mãe do Senhor, espelho de Caridade”, e o lema: “A minha alma engrandece o Senhor” (Lc 1,46); ao longo de 09 noites, a Catedral de Nossa Senhora da Conceição, acolherá bispos, padres, diáconos, toda a comunidade de fé e demais segmentos da sociedade campinense.

Na programação estarão presentes Padres diocesanos que presidirão os novenários e missas, bem como 4 bispos, que estarão celebrando e deixando sua mensagem de fé. Na abertura, dia 29, presidirá a celebração, Dom José Luiz Ferreira Salles, Bispo Diocesano de Pesqueira-PE.

No 01, quem preside é Dom Valdemir Ferreira dos Santos, bispo Diocesano de Penedo-AL, já no dia 07, véspera do dia da Padroeira, a presidência será proferida por Dom Manoel Delson, Arcebispo da Paraíba e no dia 08, na missa das 10h, quem preside é o Arcebispo de Maceió-AL, Dom Antônio Muniz. O Bispo Diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio, acolherá seus irmãos no Episcopado e concelebrará junto a eles nos dias marcados.

Dia da Padroeira

No dia da Solenidade da Imaculada Conceição, serão realizadas três missas, uma às 7h da manhã, presidida pelo Vigário Geral, Padre Luciano Guedes; a segunda missa, será às 10h, presidida por Dom Muniz, Arcebispo de Maceió-AL e a tradicional missa de encerramento será às 17h no Parque do Povo, com a presidência de Dom Dulcênio Fontes de Matos.

Após dois anos, a procissão da Imaculada Conceição, que reúne milhares de fiéis será retomada em seu formato integral, saindo às 16h da Catedral com destino ao Parque do povo, passando pelo trajeto já conhecido, que são as ruas, Bento Viana, Afonso Campos, Vila Nova da Rainha, Doutor Severino Cruz (Açude Velho) e Sebastião Donato chegando ao Parque do Povo.

Caravanas

Como forma de agradecer a Deus por este reencontro após 2 anos, e pelo controle da pandemia, o Bispo Diocesano, Dom Dulcênio convocou todas paróquias da diocese, com exceção daquelas que também celebram à Imaculada Conceição (7 paróquias), a se fazerem presentes em Campina Grande para celebrarem à Padroeira da diocese. Para tanto, o bispo pediu aos padres que se articulem nas demais paróquias e respectivos municípios a fim de que se formem caravanas com ônibus, vans, transportes particulares, e estejam na sede episcopal no dia 08 para uma linda festa em ação de graças.

Para se ter uma ideia da dimensão territorial da Diocese, atualmente ela conta com 69 paróquias distribuídas nos 62 municípios do territórioa que compreende os limites com o Rio Grande do Norte, ao norte; e ao sul, com o estado de Pernambuco. 

Pontos de apoio.

As paróquias de Campina Grande divididas nas 4 foranias, cidades sul, norte, leste e oeste, serão pontos de apoios aos diocesanos que virão das diversas localidades da diocese para a festa da padroeira. Uma parada estratégica para um lanche ou uma ida ao banheiro serão bem-vindas e nos 4 cantos de Campina Grande, haverá equipes nas paróquias com estruturas prontas.

Veja a distribuição:

- Paróquias da Forania Agreste 1 param na Paróquia de São João Paulo II e Nossa Senhora de Fátima, no bairro do Aluísio Campos;

- Paróquias da Forania Agreste 2 param na Paróquia de Nossa Senhora das Graças, no bairro da Liberdade;

- Paróquias do Cariri 1 param na Paróquia do Rosário, bairro da Prata;

- Paróquias do Cariri 2 param na Paróquia e Santuário de N. Sra do Perpétuo Socorro, no bairro de Bodocongó;

- Paróquias do Sericar param na Paróquia de São Cristóvão, bairro do Centenário;

- Paróquias do Curimataú, param na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Palmeira;

- Paróquias de Brejo, param no Seminário Diocesano, São João Maria Vianney, no bairro do Alto Branco.

Vale ressaltar que as caravanas devem chegar aos pontos de apoio com no mínimo uma hora antes da saída da procissão, e estarem pontualmente às 16h na Catedral. Também é importante frisar que os ônibus deixam os fiéis na catedral e seguem para o parque do povo.

Com informações: Ascom

 

Imagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)