Festa da Padroeira: “Maria, altar de Deus, sacrário de Cristo.”

Atualizado em 21/09/22 às 18:073 minutos de leitura341 views


“Maria, altar de Deus, sacrário de Cristo.” Foi com esse tema que a comunidade católica paroquial do Estreito, zona rural de Campina Grande, vivenciou 12 dias de festejos religiosos em honra à padroeira principal da paróquia, Nossa Senhora das Dores.

Ao longo desses dias, o Bispo Diocesano, Dom Dulcênio, Sacerdotes, Diáconos e Missionários fizeram de cada ato litúrgico-celebrativo um grande momento de Retiro, no qual, os fiéis além de renovarem a fé, puderam ter uma profunda experiência de Deus sob a proteção mariana.

Carreata e procissão transformaram a Rodovia PB 138 em um caminho de fé, sendo estes atos, o marco do retorno pleno dos festejos religiosos após o período pandêmico.

Centenas de fiéis puderam alimentar-se da Palavra e da Eucaristia e terem reavivados seus dons e carismas. Um dos marcos dessa festa religiosa foi o casamento comunitário e duas das noites com a presença de Missionários da Canção Nova. “Foi um verdadeiro transbordamento da graça de Deus para nossa paróquia, “ disse o Padre Eude Araújo, pároco local, avaliando os festejos.

A Festa de Nossa Senhora das Dores encerrou-se neste último domingo já anunciando a Festa do Co-padroeiro São Lucas que acontecerá de 15 a 23 de outubro na Comunidade do Lucas.

Com informações e fotos: Pe. Eude Araújo 

Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)