Na cidade de Amparo, Dom Dulcênio celebra Missa em preparação à Festa de São Sebastião

Atualizado em 11/01/22 às 23:274 minutos de leitura


Na noite deste dia 11, teve início na comunidade de São Sebastião, na cidade de Amparo-PB, as festividades alusivas ao padroeiro; e a abertura da festa aconteceu de modo especial, com a presença do Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, que, na ocasião, realizou a crisma de jovens e adultos. A missa foi concelebrada pelo Pároco, Padre Eude Araújo, contando com a presença dos seminaristas.

Ao todo foram crismados 55 jovens e adultos das comunidades de Nossa Senhora Aparecida, no Assentamento Mata; Nossa Senhora de Fátima, no sítio Cruz da Moça; Nossa Senhora do Desterro, no sítio Poço do Boi, e São Sebastião na cidade, todos do munícipio de Amparo.

De acordo com o Pároco, os crismandos foram preparados no estilo catecumenal; alguns foram batizados, receberam a Eucaristia e o matrimônio durante o ano de 2021. Além dos catequistas de crisma, o ECC também auxiliou na preparação para o matrimônio. Ainda segundo o Padre Eude, as próximas crismas acontecem no dia 20 de fevereiro às 16h em Ouro Velho-PB; e 06 de março às 16h, em Prata-PB.

Na homilia, desta santa missa, Dom Dulcênio falou sobre a importância do sacramento da Crisma, explicou seu significado e lembrou que o Espírito Santo é o protagonista, é Aquele que unge seus escolhidos e fortalece-os para continuar a missão do anúncio da Boa Nova: “Meus amados crismandos, este sacramento ao qual hoje vocês recebem possui íntima ligação com o batismo que outrora vocês receberam. É o sacramento pelo qual vocês confirmam, na maturidade da fé, o batismo que receberam pela fé dos pais e padrinhos. Este sacramento quer tornar firmes os cristãos já batizados em Cristo; quer torna-los fortes, fortes em dois sentidos: na vivência do evangelho e na missão apostólica”, comentou.

Após ter aprofundado sua explicação acerca do sacramento da Confirmação, o bispo destacou que não basta apenas estar confirmado, mas é preciso ser testemunha de Jesus, e que não bastam apenas palavras para anuncia-lo, antes de tudo é preciso a experiência verdadeira do encontro com Jesus:

“Testemunhar Jesus é a identidade do cristão, é a marca registrada. Testemunhar Jesus em nossos dias é tarefa nossa, está em nossas mãos, em nossa vontade e compromisso. Precisamos aprender com os apóstolos que foram as primeiras testemunhas. Testemunhar Jesus significa fazer a experiência da escuta, da convivência e do aprendizado com o mestre Jesus, e depois, anunciar, proclamar as obras e maravilhas que Deus opera em nosso favor”, disse.

Ao final da Missa, o bispo desejou à comunidade que vivam com intensidade as festividades do Padroeiro, mirando também na figura de São Sebastião um exemplo de seguir de Nosso Senhor Jesus Cristo.

A cidade de Amparo-PB a onde está localizada a comunidade de São Sebastião, é pertencente à Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, (Cidade de Prata-PB); a festa na igreja de Amparo-PB segue até o dia 20 de janeiro.

Por: Ascom | Correção: Beatriz Macedo
Fotos e vídeo: Pascom de Amparo


Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)