A Paróquia dos Mártires São Severino e Santa Cecília está em festa

Atualizado em 18/11/21 às 10:263 minutos de leitura


A Paróquia dos Mártires São Severino e Santa Cecília, com sede na cidade de Santa Cecília-PB, está em festa desde o dia 13 de novembro e se estenderá até o dia 22. Este ano paroquianos estão meditando o tema: "Martírio, Vocação do Cristão".

Na noite desta quarta-feira (17), a comunidade acolheu o Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, que presidiu a Santa Missa; o Bispo esteve acompanhado por seminaristas que também foram calorosamente acolhidos pela paróquia, na pessoa do Pároco, o Padre Arimatea Júnior.

Na homilia proferida neste dia, o Bispo explicou o sentido da parábola das minas. Segundo Dom Dulcênio, Jesus quer ensinar que o tempo da sua ausência, até que retorne na “parusia”, não é tempo de descanso ou de inatividade, pelo contrário, é tempo de trabalho e de atividade no sentido de construir o Reino de Deus.

“Os discípulos do Senhor, que utilizam os talentos recebidos e se dedicam à realização de boas obras, serão premiados pelo Senhor, cada um segundo seus méritos, segundo seu trabalho; porém, os que não tiverem empregado seu tempo e suas qualidades para o bem serão castigados”, disse.

O Bispo explicou ainda que a parábola narrada tem um sentido escatológico, na qual contém três ideias básicas: A primeira delas é que Jesus deve partir por período indeterminado; a segunda, é que os discípulos ficam em estado de provação, de trabalho e de merecimentos; e a terceira, é que Jesus voltará para fazer justiça, e a cada um se dará segundo seus méritos.

“Não devemos preocupar-nos tanto pelo que recebemos, sabendo que sempre será mais do que merecemos, mas sim preocupemo-nos com a resposta pessoal que lhe damos, com nossa generosidade na correspondência às graças recebidas. É preciso entender que o fruto de nossas obras não é nosso, mas de Deus, isto é, tudo vem de Deus, é sempre dado por Ele”, destacou.

Acerca dos padroeiros celebrados, o Bispo disse que Santa Cecília e São Severino não tiveram vidas fáceis, entretanto, souberam corresponder à graça de Deus: “Não há dúvida de que corresponder à graça de Deus supõe esforço e sacrifícios. No entanto, serão muito bem recompensados pelo prêmio que o Senhor reserva a seus fiéis. S. Severino e Sta. Cecília foram recompensados pelo Pai do céu”.

E, concluiu sua pregação, pedindo aos fiéis que fizessem sempre um exame de consciência, questionando-se se estão correspondendo à graça de Deus, tal como São Severino e Santa Cecília.

Por: Ascom | Correção: Padre Márcio
Fotos: Pascom Paroquial
 

Imagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notíciaImagem da notícia

Comentários (0)