Ação de Graças e reconhecimento pelos 80 anos do Instituto São Vicente De Paulo

Atualizado em 25/06/19 às 11:473 minutos de leitura
Nesta sexta (25) as Filhas da Caridade do Instituto São Vicente de Paulo tiveram muito o que agradecer em vista das honrarias que a casa recebeu pela passagem dos 80 anos de missão na diocese. O título de cidadania campinense à Irmã Bernadete Rodrigues – que completou 50 anos de vida religiosa – e uma medalha de Honra ao Mérito destinada ao instituto, marcaram esse momento festivo. Uma Missa em ação de Graças foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Manoel Delson e concelebrada pelos Padres, Hachid, Assis, Romualdo e Isaias. Estiveram presentes também na celebração, autoridades civis, representantes de outras instituições, benfeitores e a comunidade em geral. Durante homilia Dom Delson destacou as obras de misericórdia, lembrando que estas são praticadas pelas  Filhas da Caridade. “Dar de comer a quem fome, vestir os nus, abrigar os desabrigados, cuidar dos doentes, tudo isso é vivido aqui”, ressaltou. Ele enalteceu ainda os demais serviços prestados pelo instituto e destacou a firmeza da irmã Bernadete que tem se dedicado a missão. O vigário geral da diocese e Pároco da paróquia do Sagrado Coração de Jesus, de onde o instituto faz parte, Padre Assis Pereira, proferiu um discurso de agradecimento a Deus pelas 8 décadas de serviço missionário das Filhas de São Vicente de Paulo. Ao final da celebração, uma “sessão solene” da câmara municipal foi instaurada pelo presidente do Legislativo, o vereador Antônio Pimentel, que formalizou o título de cidadania campinense à Irmã Bernadete. Na mesma solenidade, concedeu uma medalha de Honra ao Mérito Municipal destinada ao instituto pelo trabalho prestado à comunidade campinense. Houve ainda o lançamento do Selo Postal comemorativo dos 80 anos da casa realizado pela empresa de Correios e Telégrafos na pessoa de Francinildo Batista, que representou a diretoria regional dos Correios. Por fim, a Irmã Bernadete Rodrigues emitiu seus agradecimentos e renovou as esperanças junto à comunidade. [caption id="attachment_3901" align="alignright" width="351"]Foto: Pascom Sagrado Foto: Pascom Sagrado[/caption] IRMÃ BERNADETE A irmã Bernadete Rodrigues é natural de Afogados da Ingazeira – PE, estudou artes industriais e também cursou teologia. Há 47 anos está em Campina Grande, sendo ela a responsável pelo Instituto São Vicente de Paulo, atuando como diretora há 17 anos. A CONGREGAÇÃO As filhas da Caridade de São Vicente de Paulo é uma congregação fundada em 1633 pelo padre francês, Vicente de Paulo, que dedicou sua vida às obras de caridade. Elas dedicam-se aos pobres, doentes mentais, às crianças abandonadas, às mulheres marginalizadas, às pessoas idosas, entre outras causas. As Filhas da caridade chegaram à Campina Grande no ano de 1936 pelas irmãs francesas Galzi e Luci e pelas irmãs brasileiras Marta e Maria. Com o apoio das autoridades eclesiais da época e ajuda de toda a comunidade, construíram o instituto. Atualmente a casa abriga 73 idosos e dá assistência educacional à 600 crianças que estudam no ensino fundamental do primeiro ao quinto ano. O instituto São Vicente de Paulo é uma instituição caritativa e vive da providência divina e da generosidade das pessoas.

Comentários (0)