Dom Dulcênio abre festejos da Padroeira de Zabelê

Atualizado em 12/10/19 às 11:581 minuto de leitura
Na noite desta sexta-feira (11), dezenas de fiéis e devotos estiveram presentes na novena e Missa de abertura da festa de Nossa Senhora das Dores, padroeira da Comunidade de Zabelê, Paroquia de São Sebastião em São Sebastião do Umbuzeiro, Forania Cariri II. A Celebração Eucarística foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos e concelebrada pelo pároco local o Pe. Marcos Silva Souza. Em sua homilia, Dom Dulcênio lembrou a importância da Mãe de Jesus para todos os filhos e filhas de Deus, tendo como referência o Evangelho de João 2,1-11. “Nossa Senhora é a sua, a nossa advogada. Ela é aquela que intervém por nós”. “Quem é que não precisa da força de um intercessor? Quem é que representa melhor esse serviço de intercessão? Ela! Nossa Senhora é presente na nossa vida como advogada, não se pode negar a mãe, se negar a mãe, nega-se também o filho que é Jesus”. Destacou Dom Dulcênio. Em sua fala de agradecimento o Pe. Marcos Silva Souza, também lembrou que a festa da padroeira além de ser um momento para revigorar a fé, é também, um momento oportuno para fortalecer a comunhão fraterna. “A festa é para rezar, se fortalecer na confiança, é para apresentar a vida uns dos outros”, concluiu o Pe. Marcos. Este ano a festa da padroeira celebra os 70 anos de evangelização em terra zabeleense, com frutos colhidos ao longo de todos estes anos onde a fé e a devoção é marco forte na população local. A festa de Nossa Senhora das Dores na cidade de Zabelê vai até o dia 20 deste mês, com Missa Solene de encerramento que será presidida pelo Pe. José Adauto de Maria e logo após procissão pelas ruas da cidade. Informações e imagens: Pascom Paroquial Colaboração: Blog do Didi - http://www.blogdodidi.com.br

Comentários (0)