No IV Domingo da Páscoa: “Pastor mesmo é aquele que passa por Jesus e ajuda o rebanho a passar por ele.” Disse o Bispo

O Bispo Diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos presidiu a Santa Missa na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, na manhã deste IV Domingo da Páscoa, também chamado Domingo do Bom Pastor e Dia mundial de Oração Pelas Vocações.

A Missa que foi transmitida pela rádio Caturité e pelas redes sociais, teve concelebração do Padre Luciano Guedes, Vigário Geral da Diocese e Pároco da Catedral, além do serviço Litúrgico do Diácono Ricardo e apoio dos Seminaristas.

Neste quarto domingo da Páscoa a igreja faz menção a figura do Bom Pastor. Jesus se apresenta no evangelho como a porta das ovelhas. Todos aqueles que não entram através dessa porta são ladrões e assaltantes: “Pastor mesmo é aquele que passa por Jesus e ajuda o rebanho a passar por ele.” Disse o Bispo.

Na homilia, o Bispo comentou a Liturgia da palavra refletindo cada leitura que apontava para o pastoreio de Jesus, ensinando que Jesus é o Bom Pastor, aquele que se preocupa com as suas ovelhas, que dá a vida, dá tudo, pelas ovelhas.

“Jesus deseja ardentemente reunir em seu redil todas as ovelhas, todas as almas pelas quais ele deu a vida. Nosso Senhor diz, ‘Tenho outras ovelhas que não estão neste aprisco. É preciso trazê-las, para que haja um só rebanho e um só pastor”. Será que não podemos ajuda-lo?”. Refletiu Dom Dulcênio.

A partir dessa indagação, Dom Dulcênio falou da importância e da missão dos padres nesse processo de pastoreio, e incentivando-os a irem em busca das ovelhas que se perderam, expressou: “É preciso sairmos das nossas sacristias, irmos ao encontro das ovelhas desgarradas, extraviadas, daquelas que se perderam no caminho por não alimentarem a fé”.

Na parte conclusiva da sua homilia, Dom Dulcênio então desejou que todos os batizados colaborem com o Cristo, a fim de que todos sejam guiados por um único cajado: “Colaboremos com Cristo, para que haja, em Campina Grande, em toda a nossa Diocese, no Brasil, no mundo: um só rebanho sob o cajado de um só Pastor – do melhor, do mais sincero e dedicado Pastor, do Pastor por excelência!”. Concluiu

Ao final da celebração, Dom Dulcênio lembrou ainda do Dia mundial de Oração pelas Vocações, e recordou que a Diocese é feliz devido ao zelo e cuidado com a formação dos futuros padres, além de agradecer a todos pela generosidade em contribuir com a Obra das Vocações Sacerdotais.

“Quanto às preces pelas vocações sacerdotais e religiosas, nós, da Diocese de Campina Grande, somos felizes, porque a rezamos diariamente por orações que já fazemos, por ação pastoral e, claro, por generosidade, como por exemplo, pela OVS – Muito obrigado aos que colaboram!”. Concluiu.

Por: Ascom
Fotos: Rafael Augusto

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This