Mensagem da Comissão Diocesana para os Diáconos Permanentes

Estimados irmãos no diaconato, saudações!

Neste dia em que celebramos o dia do Diácono, na festa de São Lourenzo, diácono e mártir, nos congratulamos pelo dom da vida de cada um dos diáconos permanentes e transitórios, leitores, acólitos, aspirantes e esposas, marcadamente pelo SIM que cada um de nós ofereceu ao Senhor da messe.

Somos chamados a assumir este Dom e Compromisso vocacional nas diferentes periferias, cantos e recantos onde os pobres clamam pela ajuda dos céus, cujos espaços existenciais e geográficos o anúncio e testemunho do Evangelho precisam ser afirmados.

Na oportunidade em que nos encontramos durante a Semana Nacional da Família, é também momento oportuno para que o ministério diaconal expresse essencialmente sua vida no ambiente familiar, uma vez que é ali que precisa brotar o testemunho e a caridade conjugal, primeiro areópago da fé e do ministério da diaconia conjuntamente com a esposa e os filhos.

Tenhamos sempre os olhos fixos, o coração ardente e os passos decisivos para seguir o modelo perfeito do Cristo servidor, no qual o diácono São Lourenzo soube testemunhar fielmente. As palavras de Cristo conclamam os diáconos a ser “[…] o sal da terra e luz do mundo” (Mt 5, 13-14), na confiança de que “Se alguém me quer servir, siga-me; e, onde eu estiver, estará ali também o meu servo” (Jo 12, 26).

Lembremos sempre que:

“Alguns discípulos e missionários do Senhor são chamados a servir à Igreja como diáconos permanentes, fortalecidos, em sua maioria, pela dupla sacramentalidade do Matrimônio e da Ordem. São ordenados para o serviço da Palavra, da Caridade e da Liturgia, especialmente para os sacramentos do Batismo e do Matrimônio; também para acompanhar a formação de novas comunidades eclesiais, especialmente nas fronteiras geográficas e culturais, onde ordinariamente não chega a ação evangelizadora da Igreja” (Documento de Aparecida, n. 205).

Estas lições nos conclamam para assumir cada vez mais uma Igreja servidora “pobre com os pobres” em que o exercício da diaconia da Palavra, da Caridade e da Liturgia como tríade da complementaridade ministerial esteja presente nos diferentes ambientes de evangelização e testemunho profético da Igreja em saída.

A todos os irmãos em Cristo e suas famílias em nome da Comissão Diocesana dos Diáconos Permanentes desejamos nossas felicitações e orações no desejo de estarmos sempre em comunidade diaconal e fraterna.

Campina Grande – PB, 10 de agosto de 2020.

Festa de São Lourenzo, diácono e mártir.

Comissão Diocesana dos Diáconos – CDD
Diác. Marcelo Alves P. Eufrasio – presidente
Diác. Marco Danillo de Lucena Souto – vice-presidente
Diác. Ricardo Soares – secretário
Diác. Antônio Farias Brito – tesoureiro

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This