Jubileu: a primeira porta a ser aberta é a do coração

Cidade do Vaticano (RV) – A edição desta quarta-feira (14/09) do “Porta Aberta no Ano da Misericórdia” destaca os principais eventos no Vaticano e mundo afora que estão marcando este Jubileu.

Entre os nossos entrevistados, estão: Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Shalom, e o Arcebispo de Natal (RN), Dom Jaime Vieira Rocha.

Dos Emirados Árabes Unidos, o missionário Pe. Olmes Milani nos fala nos fala da misericórdia naquela região:

“São oito Igrejas Católicas em todo país, insuficientes para acolher aproximadamente um milhão de fiéis. Algumas têm suas dependências sempre superlotadas, exigindo esquemas próprios para direcionar a multidão que sai de uma celebração litúrgica e orientar aquela que chega. É dentro desses parâmetros que celebramos o Ano Jubilar da Misericórdia.

Nas pregações, os fiéis são lembrados de que precisamos derrubar os muros que nos impedem de chegar a Deus e aos semelhantes. A primeira porta a ser aberta, durante o Ano da Misericórdia, é aquela dos corações, seguida das portas das casas e igrejas”, relata o missionário scalabriniano.

No link acima é possível ouvir o programa completo.

(bF)

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This