Grupos da Pastoral Familiar nas paróquias realizam encontros com o tema da Campanha da Fraternidade

Com o tema Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso, e o lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar realizou neste domingo um momento de espiritualidades para os coordenadores e agentes de pastoral. O encontro foi realizado em cinco lugares para atender inicialmente as Paróquias distribuídas nas foranias. Padre Ediberto, Assessor Eclesiástico, ressaltou a necessidade de se aproximar de todas as paróquias tendo em vista o tamanho da Diocese: “atualmente a Pastoral Familiar está em boa parte de nossas paróquias e pretendemos nos aproximar de todas com ações em cada forania.”

Nesse novo formato de encontros forâneos, além da Comissão Diocesana, contribuíram com a Pastoral alguns Padres, Diáconos e Agentes leigos que organizaram os eventos nos respectivos locais, tornando assim a participação mais efetiva das paróquias.

Esse ano a Campanha da Fraternidade faz uma reflexão sobre o sentido da vida como Dom e Compromisso. Traz como exemplo o olhar do Bom Pastor, da necessidade de vencer a indiferença e viver a compaixão. Nessa perspectiva, várias ações foram apresentadas e discutidas no sentido de motivar e organizar ainda mais a Pastoral Familiar em todas as paróquias.

Os locais:

Na Paróquia de Nossa Senhora do Desterro em Boqueirão, Padre Antônio apresentou algumas ações já existentes na comunidade e ressaltou a importância da Pastoral. “A Pastoral Familiar é uma espécie de pastoral mãe que deve estar próxima de todas as outras para um ação cristã mais profunda na comunidade”, enfatizou o padre.

Em Juazeirinho, Padre Raniery convidou a comunidade e não mediu esforços para realizar o encontro para a Forania Sericar. O encontro terminou com a Santa Missa e provocou um interesse nas paróquias de promover ainda a pastoral na região.

Em Campina Grande, o encontro aconteceu nas paróquias Jesus Libertador e São Cristóvão para atender as foranias da cidade. Padre Ediberto e Padre Romualdo conduziram a reflexão com a ajuda do casal Marta e Lusimar. Na paróquia de São Sebastião em Lagoa de Roça, o encontro foi conduzido pelo Diácono Hélio com o apoio de Kleberson e Zedna.

O casal diocesano Geovaneto e Juliana avaliou como muito positiva a participação e o interesse das paróquias. Está aproveitando para divulgar e promover o uso do novo subsídio Hora da Família Mensal nas reuniões da pastoral. “É um material que adotamos por ser riquíssimo, que todo agente deve ter um exemplar e que pode ser utilizado na comunidade inclusive por outras pastorais, movimentos e serviços.”

O encontro será realizado ainda em Barra de Santa Rosa (15/03) e Sumé (29/03) para atender a 3 foranias (Curimataú, Cariri I e II) e assim concluir esse momento de espiritualidade em toda a Diocese. “O nosso desejo é que no próximo ano a gente consiga realizar o encontro em cada forania e assim conhecer melhor a realidade cada paróquia”, afirmou o casal diocesano.

Com informações e Fotos: Pastoral Familiar

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This