Festa de Nossa Senhora da Conceição, na Paróquia de Pocinhos, acolhe Bispo Diocesano

No decorrer desta semana que antecede o dia 08 de dezembro, dia da Solenidade da Imaculada Conceição, o Bispo Diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, fará uma verdadeira peregrinação pelas Paróquias que a tem como Padroeira. Desse modo, Dom Dulcênio foi à Paróquia de Pocinhos, onde presidiu Missa realizada em frente à Igreja Matriz, em preparação à Solenidade.

Dom Dulcênio foi acolhido pelas lideranças da Comunidade Paroquial, além de ser saudado pelo Pároco, o Padre Dezenilton, e o Vigário, Padre João Barbosa; antes da Missa, Dom Dulcênio participou do hasteamento das bandeiras; na celebração estiveram presentes seminaristas que auxiliaram na liturgia, além do povo de Deus que, com alegria, participou da Santa Missa.

Em sua homilia, o Bispo de Campina Grande falou sobre o sentido de festejar solenemente à Imaculada, denominando como um “retiro”. Falou também sobre a festa litúrgica celebrada neste dia, a do Apóstolo André, referenciando-o como modelo de santidade, aquele que foi chamado à beira do lago e decidiu aceitar o convite do seguimento a Jesus.

Em um segundo momento, o Bispo falou sobre a feliz oportunidade em poder participar junto à comunidade dos festejo em honra à Virgem Maria e lembrou que, em meio as dificuldades deste ano, é crucial manter-se firme sem perder a fé:

“Irmãos, que tempo difícil estamos atravessando! Nosso povo anda muito triste e oprimido pelas doenças físicas – quantos irmãos morreram por conta deste vírus! Mas também há as doenças da sociedade, como a exploração, o empobrecimento dos nossos trabalhadores, o desemprego. Não podemos perder a fé: Deus é nossa esperança! Ele está conosco!

Por fim, mencionou a fé em Nossa Senhora da Conceição, apontando-a como exemplo de simplicidade a ser seguido, ao tempo em que referenciou tantas mulheres que visam Maria, ser serva e humilde:

“Maria é a serva por excelência. Minha homenagem às mulheres! Contamos com muitas Marias em nossas comunidades. São mulheres fortes, nas quais, graças ao projeto de Deus, reaparece o estado original, livre, sem pecado, da humanidade. Os exemplos de Santo André e de Maria Santíssima celebraram o estado redimido de todos os que dedicam sua vida ao Salvador do mundo”, concluiu.

A Festa da Padroeira em Pocinhos segue até o dia 08 de dezembro e, no decorrer das noites, a comunidade acolherá sacerdotes que estarão rezando o novenário e presidindo as Missas. A Paróquia relembra aos fiéis que desejarem participar do novenário fazer o uso de máscara.

Por: Ascom | Edição textual: Pedro Henrique
Fotos: Pascom de Pocinhos

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This