Dom Dulcênio preside Missa de encerramento da Festa do Rosário – CG

Nesse domingo (07/10), com a chuva ao amanhecer do dia e a movimentação das eleições, também era chegado o grande dia, a festa da Rainha do Rosário.

A exemplo do dia 07/10/1571, na batalha Naval de Lepanto, os cristãos quiseram louvar a Deus pela intercessão de uma Mãe: Luz da Igreja e exemplo dos cristãos, que continua a nos acompanhar nas batalhas da vida, nos dando vitórias e alegrias.

Pela primeira vez, Dom Dulcênio Fontes de Matos visitou a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário em Campina Grande e presidiu a Santa Missa de encerramento da festa da padroeira. A sua acolhida foi feita por toda comunidade, que o recebeu com alegria e fé.

O Bispo diocesano deixou algumas reflexões para a comunidade e particularmente ao se dirigir aos 13 jovens que receberam o Sacramento da Confirmação. Dividiu sua homilia em duas partes, uma falando sobre as leituras do 27° Domingo do Tempo Comum e uma mensagem sobre a Virgem do Rosário.

Na primeira parte, Dom Dulcênio falou dos ensinamentos dos Evangelhos que nos ensina a sermos discípulos e fiel a esse discipulado. O amor da esposa e do esposo é comparado ao amor de Cristo a sua Igreja, por isso, um matrimônio fiel é um sinal de Amor de Deus para com seu povo.

Aos casais, Dom Dulcênio destacou a importância do Sacramento do Matrimônio:
“O que fazer com os casamentos fracassados?
– Existem muitos que procuraram o sacramento do Matrimônio e não estavam preparados, deve ser olhado cada caso, e muitos deles pode existir a nulidade. Seria muito bom que os casais procurassem alimentar os vossos matrimônio, na certeza de não serem apenas dois e sim três: homem, Cristo e a mulher”.

Na segunda parte, o bispo diocesano fez um breve relato da aparição de Nossa Senhora e seu apelo à oração do Santo Terço. Destacou que em cada aparição de Nossa Mãe Rainha, existia um apelo social muito forte e que hoje a hora do Brasil é de sacrifício e oração.

O terço é um instrumento religioso iminentemente popular, atualmente com um fenômeno do terço dos homens, que rezam com muita devoção”. Acrescentou Dom Dulcênio.

A celebração de encerramento da Festa do Rosário foi concelebrada pelo Bispo Emérito da Diocese de Palmares, Dom Genival Saraiva de França e pelos padres: Pe. Márcio Henrique (Pároco do Rosário), Pe. Isaías Rodrigues dos Santos (Vigário Paroquial), Pe. Eugênio Vital Pereira (Vigário Paroquial), Pe. Haroldo Andrade Silva – Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Puxinanã), além do Diácono Antônio Lisboa.

Na praça da alimentação a comunidade continuou com a parte social e cultural da festa com muita alegria e animação ao som do Trio do Forró Campina, encerrando de forma festiva e alegre a festa da padroeira do Rosário que teve inicio do dia 28 de setembro com uma vasta programação.

A festa desse ano teve como tema: “Mãe do Rosário, luz da Igreja e exemplo dos Cristãos”.

Nossa Senhora do Rosário – Rogai por nós!

Texto e fotos: Pascom Rosário

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This