Dom Dulcênio preside Missa de abertura do jubileu dos 70 anos do Mosteiro das Clarissas

Bispo Diocesano preside Missa e agradece a Deus pelo carisma das irmãs Clarissas.

Nesta Terça-feira 31, o Mosteiro de Santa Clara completou 70 anos de sua instalação na Diocese e para render graças a Deus por esta data, uma Missa foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, e concelebrada por demais sacerdotes diocesanos e religiosos, além de ser assistida por Diáconos Permanentes, contando com a participação também de seminaristas.

E para festejar a abertura do ano jubilar, a capela do mosteiro ficou repleta de fiéis reunindo benfeitores, amigos e demais povo de Deus que prestigiaram este momento de Ação de Graças. Para o Bispo Diocesano celebrar os 70 anos da presença das irmãs Clarissas em Campina Grande é um sinal garantido de oração.

“Irmãs eu agradeço de coração o que vocês vêm fazendo por nossos padres. Eu sei que vocês rezam pelos padres. A presença das Clarissas aqui na Diocese é garantia de oração!” Afirmou o Senhor Bispo.

Ainda em sua homilia, o Bispo destacou a fundamental missão por elas desempenhada, a partir de sua formação sólida e do estimável amor que prestam à igreja e aos seus pastores. Ao deixar sua mensagem pelos 70 anos da presença das irmãs Clarissas, Dom Dulcênio desejou força e ânimo para seguirem à missão.

“Queridas irmãs Clarissas, eu sei que as dificuldades sempre se apresentam, tenham ânimo! Com a alegria da celebração destes 70 anos, é preciso empenhar-se com novo ardor, porque a igreja necessita da contribuição espiritual e apostólica de uma vida consagrada, renovada e vigorosa”. Encorajou-as.

O Mosteiro

Situado na região central de Campina e conhecido por ser um local silencioso, propicio à reflexão, o Mosteiro das Clarissas é ponto convergente de muitos católicos da cidade, onde os fiéis costumeiramente frequentam e fazem suas orações.

o Mosteiro foi construído em 1949 por incentivo do primeiro Bispo de Campina Grande, Dom Anselmo Pietrulla. Para a inauguração foi marcado o dia da Proclamação do Dogma da Assunção (01 de novembro), o que não foi possível. Esperavam cantar a Missa do Galo na nova Capela, novamente a construção não ficou pronta, mas finalmente, a 31 de dezembro, isso foi possível.

No dia 31 de dezembro, às 17h o Santíssimo Sacramento é levado em procissão pelas ruas da cidade. A convite de Dom Anselmo, compareceram sacerdotes, o prefeito da cidade, o então Sr. Elpídio Almeida, e uma multidão de fiéis.

A missão das irmãs

As Irmãs ocupam-se na confecção de paramentos, hóstias, fabricação de velas, biscoitos e trabalhos domésticos. Trabalham na horta e no jardim, atendem ainda as pessoas que procuram orientação e ajuda espiritual. As Irmãs Externas ocupam-se da Capela e atendem à portaria.

Por: Ascom
Fotos: Rafael Augusto

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This