Dom Dulcênio Fontes de Matos Emite Carta de agradecimento sobre a OVS

Em Carta, o Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos emitiu Carta de Agradecimento a todos que contribuem com a Obra das Vocações Sacerdotais

Veja a carta:

 

 

Dom Dulcênio Fontes de Matos
Bispo Diocesano de Campina Grande
Rua Afonso Campos, 251 – Centro
Caixa Postal: 515 – Campina Grande, Paraíba, Brasil
58.100-970

 

 

Campina Grande, 09 de janeiro de 2020.

 

Prezados diocesanos,

Como tem-se tornado costume, ao encerramento de cada semestre, gratificado por sua generosidade, faço questão de escrever-lhes algumas linhas para, além de agradecer, prestar-lhes conta do que foi arrecadado pela entusiasmante Obra das Vocações Sacerdotais (O.V.S.), bem como para falar dos desafios da nova etapa que se descortina.

Durante 2019, o nosso Seminário Cura d’Ars contou com 38 seminaristas. Deste número, no próximo dia 11 de fevereiro, irei ordenar dois diáconos: Jefferson e Wesley. Se sempre sou grato a Deus pelo empenho dos contribuintes, animadores e sacerdotes que abraçam a nobre causa da O.V.S., a cada ordenação que faço, este louvor aumenta em sua grandeza.

Sei que as condições do nosso povo, em sua maioria, são simples. Existe até um ditado que nos assegura que “as mãos mais pobres são as que mais se abrem para tudo dar”; e é verdade! A cada ano que passa, Deus, na Sua fidelidade, dá-nos o que Lhe pedimos: “… concedei-nos sacerdotes santos, inflamados do fogo do Vosso amor”, e, para isto, continua chamando os nossos jovens para a Sua Vinha (cf. Mt 20,4), para o serviço à Sua Igreja. Para este ano de 2020, o número dos nossos seminaristas diocesanos será de 45. Vejam a prodigalidade de Deus: a nossa Diocese enriquece-se das graças divinas, inclusive com o número de vocações! Assim, encorajo para que continuemos a fazer a nossa parte, quem sabe até com maior afinco, com maior amor do que o que já fazemos.

O Concílio Vaticano II, no Decreto Optatam Totius, dirá que “o Seminário é o coração da diocese” (n. 5). Por isso, continuemos a cuidar bem do coração da nossa Igreja particular, cultivando, na “sementeira de Deus” (como se configura o termo ‘Seminário’), com nossos esforços espirituais e materiais, as numerosas vocações que o Bom Pastor tem suscitado, para que “sejam dignos ministros do Altar, santos e dedicados pastores do povo cristão”.

Concedo, cordialmente, a minha bênção!

 

Dom Dulcênio Fontes de Matos
Bispo de Campina Grande

_______________

Se você deseja contribuir com a O.V.S prestando sua ajuda material aos Seminaristas que estão em formação no Seminário Diocesano São João Maria Vianney, anote os dados da Conta:

Banco do Brasil
Agência: 1634-9
Conta Corrente: 11951-2
MITRA DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This