Diocese ganha 14 novos Diáconos Permanentes

O Santuário do Sagrado Coração de Jesus, no bairro do Catolé ficou pequeno diante do número de fieis que foram prestigiar a ordenação dos 14 novos diaconos permanentes.

Familiares, parentes, amigos e paroquianos participaram da missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, concelebrada pelo clero diocesano e religioso, na noite desta sexta-feira (26).

Acompanhados de suas respectivas esposas, os neo-diáconos receberam o compromisso de auxiliar os padres de 14 paroquias da forania cidade nos serviços pastorais, bem como dar suporte as comissões e organismos diocesanos.

Como bem lembrou Dom Dulcênio em sua homilia, cada escolhido tem a responsabilidade de anunciar o Cristo e seguir o seu exemplo de pescador de almas.

“Sois revestidos, caros eleitos, da Ordem Diaconal, não para vos anunciardes, mas, unicamente, a Jesus Cristo. É Ele quem tudo realiza, e quer Se utilizar de nós, não para atrairmos à nós mesmos, mas a Ele. Por isso, como homens da Palavra, anunciai, fisgando corações para o Senhor, o Divino Pescador de almas”, ressaltou o pastor diocesano.

Refletindo o Evangelho da noite, da pescaria milagrosa, destacando em especial o convite de Jesus aos discípulos Pedro, Thiago e João, Dom Dulcênio lembrou que a vocação é fruto do chamado divino, e que assim como Pedro esteve atento à presença do Senhor, cada um deve ser no seu serviço ministerial.

“O chamado divino aconteceu em vossas vidas, segundo as peculiaridades de cada um de vós. Assim como Pedro esteve atento à presença do Senhor Ressuscitado, estejai prestes ao serviço. É para isto que, de maneira especial, pela Ordem Diaconal, sois vocacionados”, sublinhou o bispo diocesano.

A solene celebração eucarística contou com a presença de padres, diáconos e religiosos de outras dioceses, dentre eles o presidente da Comissão Regional dos Diáconos do NE2, Otacílio França que deixou sua mensagem de felicitações aos neo-diáconos.

O viagário geral da diocese, Pe. Luciano Guedes manifestou, em nome do clero diocesano, a alegria pela ordenação dos novos membros do clero diocesano, endereçando a eles uma palavra de acolhimento.

“A partir de agora vocês formam com o nosso bispo, e conosco, os padres, esta única família, encarregada de testemunhar e anunciar o Evangelho de Nosso Senhor. Sejam bem-vindos”, externou o sacerdote.

Em nome dos recém ordenados, o neo-diácono Anchieta Araújo fez os agradecimentos a todos que colaboraram na concretização da noite: os familiares, os responsáveis pela reativação da escola diocesana, a equipe formativa, coordenada pelo Pe. Assis Pereira, e o apoio e incentivo de Dom Dulcênio.

“De forma muito especial somos gratos ao nosso bispo diocesano que abraçou essa causa. Muito obrigado Dom Dulcênio. Sem esse seu apoio não estaríamos aqui hoje sendo ordenados diáconos permanentes”, ressaltou o diácono.

Até o final do segundo semestre a diocese ganhará mais quatro diáconos permanentes; estes serão ordenados em suas respectivas paróquias e foranias.

Fotos: João Saraiva

01 Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

  • Linda celebração e belíssimas fotos. Precisa ter muita condições financeiras para arcas com os estudos, e consegui a ordenação diaconal permanente. Continuo rezando por você meu amigo Diác. Anchieta Araújo, que Deus te abençoe sempre. Eu provavelmente nunca consiga ser um, mais continuarei servindo a Jesus na igreja até enquanto ele precise de mim.

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This