Diocese de Campina Grande celebra sua Padroeira de 29 de novembro a 08 de dezembro

Neste ano de 2019, a Diocese completou 70 anos, e a Catedral celebra
o Jubileu dos 250 anos da fundação da Igreja Matriz

A partir de 29 de Novembro têm inicio na Diocese de Campina Grande mais uma edição da festa de Nossa Senhora da Conceição, a Padroeira da cidade. O novenário deste ano será especial, pois a Igreja Matriz (a Catedral) celebra seus 250 anos de fundação, e na programação religiosa, os Bispos da província eclesiástica da Paraíba estarão participando dos festejos alusivos à Imaculada Conceição, além dos Padres diocesanos e religiosos.

O Tema refletido nesta edição é um alento devocional à Nossa Senhora: “Maria: Templo do Senhor Refúgio da Humanidade”; e o Pároco da Catedral, o Padre Luciano Guedes, convida a todos a participarem desses momentos ditosos que a Diocese vivenciará,  lembra o Sacerdote que o novenário é uma oportunidade para renovar a fé e a esperança na Mãe de Deus.

No decorrer da programação que segue até o dia 08, a cada noite do novenário, serão acolhidas as foranias, comissões e coordenações pastorais e movimentos de toda diocese, com seus respectivos padres encarregados que tomarão parte na concelebração da Missa.

No Solene dia da Imaculada Conceição, em 08 de dezembro, acontece Missa às 7h da amanhã, às 10h com a presidência de Dom Genival Saraiva e às 16h a tradicional Procissão com a Imagem de Nossa Senhora da Conceição pelas ruas do Centro de Campina e seguirá destino ao Parque do Povo a onde será realizada a Missa de encerramento com o Bispo Diocesano Dom Dulcênio Fontes de Matos.

O Jubileu dos 250 anos
A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição (Catedral) completa neste ano de 2019, 250 anos de existência, sendo esta igreja tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP) sob o decreto de número 22.245/2001.

Para enaltecer os 250 anos de existência e para felicitar a Excelsa Padroeira da Cidade, a Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, presenteia Campina Grande com a reconstituição do seu do Altar Mor que será entregue na festa da Padroeira.

Nesses 250 anos, todos os que fazem a Catedral desejam lembrar à Campina, que a Igreja Matriz, é um berço de riqueza cultural e histórica. Através de sua arquitetura Neoclássica e o seu conjunto de arte sacra, constitui-se num esplendor artístico para a cidade de Campina Grande.

Confira a programação da Festa

Missa às 19h30
29/11
–  Pe. Aparecido e Pe. Jorge
30/11 – Mons. Lourildo e Pe. Péricles
01/12 – Mons. Antônio e  Pe. Leandro
02/12 – Pe. Sérgio e Pe. Márcio
03/12 – Dom Manoel Delson – Arcebispo Metropolitano da Paraíba
04/12Dom Dulcênio – Bispo Diocesano de Campina Grande
05/12 – Dom Aldemiro Sena – Bispo Diocesano de Guarabira
06/12 – Dom Francisco Sales – Bispo Diocesano de Cajazeiras
07/12 – Pe. Dagnaldo e Frei Pedro

Solenidade da Imaculada Conceição – 08/12
Missa às 07h – Pe. Luciano Guedes (Vigário Geral da Diocese e Pároco da Catedral)
Missa às 10h – Dom Genival Saraiva (Bispo Emérito de Palmares/PE)
Procissão e Missa às 16h – Dom Dulcênio Fontes de Matos

Programação Social
Após as Missas serão realizados shows artísticos no tradicional pavilhão que fica no estacionamento da Catedral e tem por intuito promover o bem estar e difundir a boa música regional.

confira a programação de cada noite:
250 anos – Atrações Artísticas

29/11 – Janine e Banda
30/11 – Sussa de Monteiro
01/12 – Fabiano Guimarães
02/12 – Gitana Pimentel
03/12 – Tony Drumond
04/12 – Luan Estilizado
05/12 – Débora Nunes
06/12 – Felipe Warley
07/12 – Anjos Dourados

Por: Ascom

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This