Catequistas fazem avaliação positiva do Seminário Diocesano

Durante o último fim de semana, representantes paroquiais da Iniciação Cristã participaram do Seminário Diocesano de Catequese, ocorrido no Centro Diocesano de Formação, Dom Luiz Gonzaga Fernandes, no bairro do Tambor. O tema “Iniciação à Vida Cristã: Itinerário para formar discípulos missionários” (Estudo do Doc. 107, CNBB),  teve assessoria do Pe. José Assis Pereira Soares.

Promovido pela Comissão Diocesana para Animação Bíblico-Catequética, coordenada pelo Pe. José Jorge Rodrigues, o encontro reuniu catequistas de todas as foranias da diocese, contabilizando cerca de 150 participantes. Para cada paróquia foram disponibilizadas 03 vagas, de acordo com os Sacramentos da Iniciação Cristã: Batismo, Primeira Eucaristia e Crisma.

Segundo Wanderley José Dantas, membro da comissão forânea do Curimataú, o encontro possibilitou discutir a caminhada catequética na diocese de maneira ampla e coletiva, além de apresentar um estilo de formação que destaca o papel da família durante o processo catecumenal. “Além da oportunidade de discutir conjuntamente a nível de diocese como anda a nossa catequese, o encontro foi uma oportunidade discutirmos o documento 107 da CNBB que traz para a catequese uma nova luz, um novo estilo, onde as famílias participam da catequese valorizando o sentido de ser catequizado na igreja católica”, destacou Wanderley.

De acordo com João Vítor Muniz, catequista de Crisma na Paróquia Santa Teresinha, em Massaranduba, o seminário diocesano de catequese serviu de suporte para desenvolvimento do trabalho pastoral em sua paróquia. “O encontro foi muito proveitoso, ajudou de forma imensurável a nossa paróquia a formar os novos cristãos do futuro. Um trabalho excelente do padre Jorge e de toda a comissão diocesana para a catequese”, avaliou o jovem.

George Araújo, catequista na Paróquia São João Maria Vianney e São Sebastião, no bairro do Alto Branco, ressaltou a integração pastoral durante os três dias do encontro. “Foi muito bom realizar esse estudo. O direcionamento de Pe. Assis foi muito bom. Para mim, o mais importante foi a gente poder conversar com outras pastorais, conhecer outras realidades, e se ajudar entre si”, frisou.

Passado os três dias de estudo, avaliação e planejamento, cada forania deve se reunir para traçar um plano de ação catequética para a Iniciação Cristã, tendo como base o documento estudado durante o seminário. O resultado desse planejamento será apresentado no dia 01 de dezembro, durante o encontro para as Comissões Forâneas de Catequese, que acontece no Seminário São João Maria Vianney, em Campina Grande.

Fotos: Comissão Diocesana para Animação Bíblico-Catequética

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This