Campina Grande faz acolhida calorosa para seu novo Bispo

A Diocese de Campina Grande não está mais vacante. Dom Dulcênio Fontes de Matos chegou no último sábado, dia 02 de dezembro, e foi recebido com grande festa na cidade. Carreata, coletiva de imprensa, recepção das autoridades e Concelebração Solene totalizaram quase 6 horas de solenidades. “Estou emocionado com tamanho carinho deste povo comigo. Impossível não se sentir bem recebido, não se sentir querido, chegando em casa”, revelou Dom Dulcênio.

Pouco mais das 3h da tarde, o carro que trazia Dom Dulcênio chegou à Av Assis Chateaubrian e foi recebido com queima de fogos. As pessoas o aguardavam e o saudavam na demonstração de carinho com o novo Pastor Diocesano. Dezenas de carros seguiram Dom Dulcênio, em carreata que seguiu por ruas de Campina grande no caminho até o centro da cidade. Ao chegar à Praça da Bandeira, Dom Dulcênnio foi ao Colégio Imaculada Conceição (Damas), onde concedeu entrevista coletiva à imprensa.

“Venho para dar continuidade ao Plano Pastoral que Dom Manoel Delson deixou. Não venho construir nada do zero, sou o oitavo Bispo e vou conhecer a estrutura física e pastoral desta Igreja particular e vamos seguir caminhando”, comentou Dom Dulcênio. Na coletiva ele esteve acompanhado de Dom Antônio Muniz, Arcebispo Metropolitano de Maceió, e de Dom Manoel Delson, Arcebispo Metropolitano da Paraíba. “Venho deixar aqui na Paraíba este grande Bispo, que tem o dom do equilíbrio. Ele vai equilibrar a Paraíba, fazendo a ligação entre o litoral e o sertão”, brincou o arcebispo de Alagoas. Já Dom Delson referiu-se a Campina grande com carinho, lembrando sua passagem por aqui como  7º Bispo. “Esta é uma diocese muito importante para nosso regional. Quando saí daqui, para assumir a missão em João Pessoa, me pediram que intercedesse junto ao núncio para que não demorasse a vir um novo bispo para cá. E em poucos meses recebíamos a notícia da nomeação de Dom Dulcênio. Que seja bem vindo à nossa Província! Tenho certeza de que será muito feliz aqui”, completou Dom Delson.

Na Praça da Bandeira, Dom Dulcênio foi acolhido por autoridades, religiosos e muitos fieis que o aguardavam. O prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cesar; o prefeito em exercício de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro; a vice-governadora da PB, Lígia Feliciano entre outras autoridades civis participaram da solenidade. Na ocasião, Dom Dulcênio recebeu a chave da cidade, num gesto de acolhida da prefeitura municipal.

Em seguida, grande cortejo se formou em direção à Catedral de Nossa Senhora da Conceição, onde houve a concelebração de posse.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This