Bispo celebra Missa com a Escola Diocesana Diaconal

O bispo diocesano de Campina Grande Dom Dulcênio Fontes de Matos esteve na manhã deste sábado, 15, no Seminário Diocesano São João Maria Vianney, junto aos candidatos ao Diaconato Permanente das turmas da Escola Diocesana de Formação Diaconal; Na ocasião, presidiu uma Missa que foi concelebrada pelo Pe. Luciano Guedes (Vigário Geral), o Pe. Adone (Cônego Lateranense), além de contar com o Serviço do altar dos diáconos permanentes,  Antônio Tributo e o Antônio Lisboa.

A memória litúrgica deste sábado, lembrou Nossa Senhora das Dores, e o bispo refletiu com os candidatos acerca de entregar-se como Maria, serva, discípula, primeiro Sacrário de Jesus, sendo ela, um exemplo de diaconia e dedicação a missão confiada ao seu Filho Jesus; Ressaltou ainda a importância do papel dos diáconos permanentes, lembrando-os da fidelidade à Igreja e, sobretudo, às suas famílias.

No presente momento a diocese de Campina Grande está com duas turmas na Escola Diaconal, a mais antiga provém de 2014, e já prestes a concluir os estudos, ficará a disposição do Bispo. Mais de 30 homens casados estão neste processo aspirando à ordem do diaconato. Na década de 60, a Escola Diocesana Diaconal, fizera parte da história da diocese, contudo, foi desativada, sendo reaberta no pastoreio de Dom Delson em 2014, quando esteve a frente da diocese de Campina. Atualmente a igreja particular de Campina Grande conta com 2 Diáconos Permanentes, Antônio Alves e Antônio Lisboa, eles foram formados por outras dioceses.

O que é o Diaconato?
O Diaconato é o primeiro grau do Sacramento da Ordem. Os outros dois graus são o presbiterato e o episcopado; desta maneira, diáconos, presbíteros e bispos compõem a hierarquia da Igreja. Para os diáconos, as mãos lhes são impostas para o ministério do Serviço e não para o sacerdócio.

Existem dois tipos de Diáconos, o Diácono Transitório e O Diácono Permanente; O Transitório, é aquele que recebe o Sacramento da Ordem no grau do Diaconato para depois receber o segundo grau e tornar-se presbítero, ou padre conforme costumamos dizer. O Diácono Permanente, são homens casados, e nesta condição não podem ascender ao grau superior, ficando permanentemente como Diácono. Com a ordenação o Diácono deixa sua condição de leigo e passa a fazer parte do clero.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This