A Pastoral de Promoção da Mulher: Um serviço de Caridade

Pastoral desenvolve trabalhos na Capela Santa Madalena, na Feira Central e no próximo dia 12, receberá a Visita do Bispo Diocesano dentro da Programação da III Jornada Mundial dos Pobres

Um trabalho voltado à dignidade da Mulher, uma Pastoral que tem por missão prestar acolhimento e revelar a face do Cristo misericordioso, essa é a Pastoral de Promoção da Mulher. Aqui na Diocese de Campina Grande, precisamente na Paróquia da Catedral, ela desenvolve atividades socioeducativas e religiosas na Capela de Santa Madalena, situada na Feira Central.

São atendidas semanalmente mais de 50 pessoas em situação de vulnerabilidade e desamparo social.  A coordenação do serviço pastoral está sob os cuidados de Anderson Ramalho juntamente com um grupo de casais e colaboradores da Catedral. Todas as sextas-feiras acontece oração, acolhimento das mulheres e crianças e é servido um lanche, preparado pela própria pastoral.

No próximo dia 12 de novembro a comunidade receberá a visita de Dom Dulcênio, Padre Luciano e Padre Sérgio Leite que concelebrarão Missa às 18h dentro da programação da III Jornada Mundial dos Pobres, promovida pelo Vicariato da Caridade, Justiça e Paz, um organismo da Diocese de Campina Grande.

Missão

A Pastoral  de Promoção da Mulher desenvolve um trabalho de acompanhamento e promoção das mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade e vítimas da exclusão social. Ela é uma pastoral de cunho social que também atua no âmbito nacional, ligada ao Setor de Pastoral Social da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Orienta-se pelas diretrizes da CNBB e se relaciona à Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, Justiça e Paz.

Por: Ascom com informações, Padre Luciano Guedes

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This