A Mensagem de Dom Dulcênio Fontes de Matos à Cidade de Campina Grande

“Venturosa Campina querida…”

Este dia 11 de outubro é marcado por uma especial comemoração: o aniversário da Cidade de Campina Grande! Embora nascido em outra cidade, já me sinto campinense, graças à tão conhecida virtude da hospitalidade do povo desta terra.

A maior riqueza de Campina é sua gente, seu povo bom e trabalhador, pessoas de fé, esperança e caridade, que não se limitam ante os desafios da vida, mas buscam superá-los com resiliência e com a bênção de Deus.

Os progressos sociais, econômicos, científicos e estruturais desta cidade são sinais de que o povo campinense sempre pode avançar e crescer como lugar onde reina a justiça, a paz e a fraternidade.

Não por coincidência, mas providencialmente, foi neste dia também, há dois anos, que o Santo Padre, Papa Francisco me nomeou como oitavo Bispo desta Diocese, cuja sede está na Rainha da Borborema. Sem merecimentos de minha parte, mas por graça de Deus, Ele mesmo me escolheu para a sublime missão de apascentar este povo como sucessor dos apóstolos.

Ainda sobre os desígnios divinos, neste dia celebramos em toda Igreja a Memória litúrgica do Santo Papa João XXIII, por quem tenho especial admiração e devoção. Com seu carisma pessoal, inspirou os cristãos na promoção da paz e motivou a ação pastoral e evangelizadora através do Concílio Vaticano II. Hoje intercede diante de Deus por nossa missão.

Por tudo, Deus seja glorificado!

“Eterno poema de amor à beleza, ó recanto abençoado do Brasil…”. Pela intercessão da Imaculada Conceição, padroeira de Campina Grande e do Santo Papa João XXIII, venham sobre esta cidade e seu povo, as maiores bênçãos de Deus.

 

Dom Dulcênio Fontes de Matos
Bispo Diocesano de Campina Grande

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This