A Celebração do Dia Mundial do Pobre na Diocese de Campina Grande

Há uma Semana tinha início na Diocese de Campina Grande a III Jornada Mundial dos Pobres, um evento promovido pelo Vicariato para a Caridade, Justiça e Paz, com uma programação cheia de atividades tendo por objetivo chamar à atenção para as realidades penosas de exclusão social vivenciada por tantas pessoas na sociedade. Toda a Semana apontou para este domingo (17) em que a Igreja celebrou o Dia Mundial dos Pobres.

Aqui na Diocese, o Dia Mundial do Pobre foi marcado por uma Missa realizada na Fazenda do Sol que foi presidida pelo Padre Sérgio Leite, responsável pelo Vicariato da Caridade, Justiça e Paz, reunindo representantes das Pastorais Sociais, benfeitores, e demais fiéis, bem como os Diáconos Permanentes que atuam nas pastorais ligadas ao Vicariato.

Agradecido por toda a semana realizada, o Padre Sergio Leite oportunizou sua homilia para falar sobre a Carta do Papa Francisco direcionada aos Pobres, que este ano trouxe como tema: “A Esperança do Pobre jamais se frustrará.”, Salmo 9, 19. Destacava o Padre Sérgio, que eram inúmeras as motivações para a celebração deste domingo, e uma delas era trazer para o meio do povo a esperança.

Ao extrair alguns trechos da Carta do Papa, o Padre Sérgio fazia uma ponte entre as advertências de Francisco e a palavra de Deus, proclamada na liturgia deste domingo. “E assim podemos ver a carta do Papa também nessas leituras, no evangelho, e portanto, peçamos a Deus, que Ele abra nossos olhos para que aconteça a partilha entre nós, para que estejamos atentos a tantas pobrezas, a pobreza espiritual, material. Somos chamados a olhar essas realidades” Afirmou o Padre.

De acordo com o Padre, a III Jornada Mundial dos Pobres, com seus eventos diários demonstrou um retrato que por vezes é ignorado. “A Romaria do Migrante, o Jantar com os pobres da Feira Central, as palestras no Teatro e no São Vicente, serviram para nos chamar atenção”. Relatou o Sacerdote. Ele ainda lembrou as palavras do Papa Francisco acerca do amor para com os necessitam.

“Jesus ama os pobres, mas Jesus ama também aqueles que amam os pobres, os que se preocupam os pobres, aqueles que mais precisam. A opção de Jesus é pelos pobres, pelos excluídos.” Comentou Padre Sergio. A III Jornada Mundial dos Pobres foi um evento abraçado pelo Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, que em comunhão com o Santo Padre, promoveu uma semana repleta de atividades que visaram conscientizar o papel que cada pessoa tem para com o Pobre.

Por: Ascom com informações e Fotos de Carla Miranda

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This