Projeto Fé e Cultura: Celione David e Tony Allysson se apresentam no Parque do Povo

Nessa terça-feira (02), aconteceu a última noite de shows católicos n’O Maior São João do Mundo. A programação contou com a presença de Celione David e Tony Allysson, reunindo centenas de pessoas no Parque do Povo. As atrações católicas na grade de shows do São João de Campina Grande, são frutos do Projeto Fé e Cultura, parceria entre a Diocese de Campina Grande e a Prefeitura Municipal.

Celione David abriu a programação da noite com muitas músicas conhecidas pelo público, que acompanhou cantando e também participou dos momentos de oração conduzidos pela cantora. Além disso, a guarabirense, de coração, fez muita gente dançar ao som do tradicional forró, marca da festa nordestina. Além disso, Celiane convidou sua filha, Maria Eduarda David, de 15 anos, para cantar e embalar o público.

Maria Eduarda acompanha a mãe nos shows e faz backing vocal. Além dela, o marido e o filho da cantora também participam das apresentações, tocando teclado e ajudando na produção, respectivamente.

Já passava das 22h quando Tony Allysson subiu ao palco do Parque do Povo e, assim como Celione, embalou a multidão com canções consagradas como “Marca da Vitória” e “Filho de Davi”.

Antes do Show o cantor falou sobre o sentido do seu trabalho. “Eu fico muito feliz de saber que as pessoas querem Deus. Porque Tony Allysson não seria nada sem o Deus que eu sirvo e isso é fato. As pessoas estão aqui não pelo Tony, mas pelo Deus que o Tony serve, o Deus que trouxe as músicas para o coração do Tony, isso é muito especial, saber que eu tou levando Deus, e não é apenas um entretenimento, minha música tem um foco, levar Jesus”, explicou.

Perguntado sua relação com o nordeste ele respondeu: “Eu amo muito o Nordeste em si. É um povo vivo, fervoroso, é um povo que não mede esforços para tá com Deus, para buscar a Deus, isso é lindo demais”.

Durante os shows religiosos, dentro da programação do São João de Campina, é comum a organização de caravanas de outras cidades. Wellington Vicente, de 24 anos, veio de Passa e Fica – RN, com mais 14 pessoas e pela segunda vez no São João de Campina. O jovem conta sua motivação para sair de tão longe: “Esse cantor que é ungido, graças a Deus, ele tem um fogo que chama, ele é um instrumento de Deus e arrasta multidões atrás dele, atrás das experiências que ele nos propõe de adoração ao nosso Senhor Jesus”, disse o fã.

As atrações católicas encerraram a programação religiosa do São de Campina Grande.

Fotos: Carla Miranda

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This