Apostolado da Oração: grupos celebram os 175 anos do movimento

Nesse domingo (30), dezenas de grupos paroquiais do Apostolado da Oração presentes na diocese celebraram os 175 anos de fundação mundial do movimento.

As celebrações alusivas à data, aconteceram Clube Campestre, no bairro do Catolé. Na programação, palestras, adoração, testemunhos, música e oração, conduzidas pelo Pe. João Carlos.

No final da tarde, os grupos saíram em procissão até o Santuário do Sagrado Coração de Jesus, onde participaram da missa de encerramento, presidida pelo bispo diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos.

Na solenidade de São Pedro e São Paulo, concelebrada pelos padres: José Assis, pároco; Edjamir Silva, diretor espiritual do movimento na diocese; Hachid Ilo, vigário paroquial; Zé Vanildo, vigário episcopal para novas comunidades; e Raniery Alves, de Juazeirinho; Dom Dulcênio falou sobre a importância do chamado de Pedro e Paulo para a Igreja.

“Pedro e Paulo representam e resumem aquilo que a Igreja é chamada a ser na sua vocação mais profunda e na sua missão específica. Os dois Apóstolos se complementam e retratam, na visão do livro de Atos, a síntese madura do ideal cristão. Juntos, eles constituem, com suas qualidades específicas, o modelo de discípulo, convocado a viver a fidelidade ao Evangelho, seguindo as pegadas do próprio Mestre”, comentou o bispo na homilia.

Na ocasião o Dom Dulcênio também refletiu acerca do Sagrado Coração de Jesus enquanto referencial de amor para os cristãos.

“Irmãos e irmãs, é esse coração aberto, para quem devemos olhar, esse coração rasgado, não só objeto de contemplação, mas é para nós também, acesso, é um achegamento a Deus. Através dele como que a porta da eternidade, do amor e da misericórdia de Deus se abre pra nós. É o momento da história em que o Coração de Cristo foi ferido. Porta de acesso, esconderijo, refúgio nas horas marcantes de nossa vida e acesso a Deus, porta da vida”, comentou o pastor diocesano.

Também conhecido conhecido como Rede Mundial de Oração do Papa, o movimento do Apostolado da Oração surgiu, em 1844, na França, durante a Festa de São Francisco Xavier, nas dependências de uma das escolas da Companhia de Jesus, instituição mantida pelos padres Jesuítas.

Fotos: Pascom Paroquial

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.



You have Successfully Subscribed!

Share This